Redes de Sprinklers, entenda melhor esse equipamento.

Uma rede de sprinklers ou chuveiros automáticos é composta basicamente pelos bicos, tubulações, conexões e suportes, distribuídos e interligados conforme os projetos de cada área de instalação, há ainda a válvula de governo e o sistema de alarme, que possibilita o acionamento do equipamento quando necessário.

A parte mais visível e que chama maior atenção é o bico, ou sprinkler que basicamente é formado por orifício de entrada, um defletor e um elemento sensor.

Os sprinklers em sua maioria utilizam como elemento sensor uma ampola de vidro que se caracteriza por sua resistência e rigidez.

No interior dessa ampola há um liquido altamente expansível e sensível ao calor, capaz de se romper quando a temperatura atinja um nível determinado, assim, há a passagem de água que no encontro com o defletor se espalha como determinado por projeto em uma área auxiliando e combatendo o fogo.

Os tipos de bicos sprinklers mais utilizados são:

  • Sprinkler Pendente;
  • Sprinkler  Upright;
  • Sprinkler Sidewall;
  • Sprinkler Embutido ou Concealed;
  • Sprinkler Seco ou Dry;
  • Sprinkler para Nível Intermediário ou In Rack;
  • Sprinkler Elo (extra-large orifice);
  • Sprinkler de Resposta e Supressão Rápida – ESFR ( Early Supression Fast Response).

Portanto, o sprinkler é um mecanismo eficiente de combate a incêndios, sua função é acabar com os focos de incêndios rapidamente, logo no início, antes que as chamas se espalhem e causem grandes danos ao patrimônio, também auxiliando no acesso das equipes de combate pois diminui a produção de gases tóxicos e interrompe o aumento do calor.

INSCREVA-SE

ASSINE
NOSSA
NEWSLETTER

Siga a Cfsistemas