Detectores: Aparelho Salva-Vidas.

Os detectores são responsáveis por identificar as mudanças de temperatura ou a presença de gases e fumaça, inclusive a mudança na iluminação do ambiente instalado e alguns modelos são preparados até para aspirar fumaça, auxiliando o início do combate em determinados sinistros.

A evolução desses aparelhos é notadamente crescente, assim como suas aplicações e podem evitar enormes tragédias, em sua maioria esses equipamentos são convencionais, monitorando áreas delimitadas ou setores, ou endereçáveis que permitem uma maior exatidão de alguma ocorrência e são indicados para grandes edificações.

É bem verdade que esses equipamentos não trabalham sozinhos e dependem de um bom sistema de alarme certificado, projetado adequadamente desde de a análise de risco. Eles devem ser instalados levando em consideração diversas características técnicas, que variam de acordo com o sistema escolhido e também o local de instalação.

No Brasil são comumente encontrados em grandes áreas de aglomeração, em condomínios residenciais e comerciais e empresas que apresentam áreas de risco em suas operações, porém, segundo dados publicados com base em estatísticas internacionais a utilização de detectores de fumaça somente nas residências americanas passou de 10%, em 1975, para quase 95% no ano de 2000 e o número de mortes em incêndios nesses locais diminuiu cerca de 50%. Esses dados vão de encontro a outra estatística internacional que aponta mais de 80% das mortes em ocorrências de incêndio é causada pela fumaça. 

Por tanto, os sistemas de detecção e alarme de incêndios é considerado entre os especialistas como o sistema mais rápido de acionamento e aviso para que sejam iniciados os procedimentos necessários em caso de sinistro.

No Brasil se discute atualmente a falta de certificação de produtos encontrados no mercado, ou os diferentes padrões utilizados em equipamentos de origem europeia e norte-americanas e que deveriam fazer parte das exigências de todos os Corpos de Bombeiros e que hoje só podem ser confiados em suas instalações por empresas competentes que compreendam e sigam as instruções necessárias para o bom funcionamento deste equipamento essencial para os sistemas de alarme e em alguns casos até para sistemas de supressão de incêndios.

INSCREVA-SE

ASSINE
NOSSA
NEWSLETTER

Siga a Cfsistemas